Procedimento íntimo ajuda mulheres que tiveram câncer de mama


Postado em: 29/10/2021

Em: - Procedimentos Por:

Compartilhe

A campanha Outubro Rosa incentiva, desde os anos 90, a prevenção, o diagnóstico precoce e o compartilhamento de informações sobre a doença. De acordo com o Ministério da Saúde do Brasil, o movimento aumentou em 37% o número de mamografias realizadas no país.

Atualmente, levanta-se a pauta de que a sexualidade não pode mais ser tabu durante o câncer de mama, visto que quase metade das mulheres (46%) em tratamento, apresentam dificuldades sexuais, como ressecamento vaginal e a perda da libido, segundo pesquisa da organização Breast Cancer Now.

Isso ocorre porque, com o tratamento, surgem as consequências físicas, como cansaço, dores, enjoo, queda de cabelos, ganho de peso, inchaço, dentre outras. Os impactos psicológicos, como a baixa autoestima, também contribuem com o problema.

Oncosexualidade

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma vida sexual satisfatória é essencial para a saúde, sendo um dos quatro pilares da qualidade de vida. Por isso, a OMS reconhece o impacto na relação a dois no bem-estar das pacientes com câncer. Criou-se, inclusive, um termo para isso: oncosexualidade.

A oncosexualidade visa recuperar o amor da paciente por si mesma, desenvolvendo a ela a autoestima e a retomada da vida sexual de forma gradativa, natural e confortável.

Evo Íntimo

Para melhorar a qualidade de vida sexual e a autoestima de mulheres que sofreram com o câncer de mama, o procedimento de rejuvenescimento íntimo é altamente eficaz, pois melhora a lubrificação, aumenta a libido e serve como reposição hormonal em casos em que a pessoa não pode usar remédio via oral.

Nas unidades EvoLaser, esse procedimento é denominado “Evo Íntimo”. O transdutor Erbium Yag 2940nm libera feixes de laser, que agem na mucosa vaginal estimulando a formação de colágeno. São realizadas, em média, de 3 a 4 sessões.

Além de ser benéfico para qualquer pessoa que queira combater as condições íntimas decorrentes do avanço da idade, o “Evo íntimo” ajuda mulheres que sofreram com o câncer de mama.

Saiba mais em nosso site!

Curtiu o post? Compartilhe: