Estrias: como se livrar dessas cicatrizes indesejadas


Postado em: 18/06/2021

Em: - Dicas Por:

Compartilhe

Difícil encontrar uma mulher que não tenha estrias, não é mesmo? Uma ou outra marquinha no corpo é natural.

Sem contar que ao longo da vida, nosso corpo passa por mudanças. Dificilmente mantemos o mesmo peso durante todo tempo, sem contar outros acontecimentos como: gravidez.

O resultado é o aparecimento daquelas linhas, principalmente em regiões como seios, barriga e bumbum.

Quer saber como sobre as estrias, como evitar e tratar? Confira este post completo sobre o assunto!

O que são estrias?

Aquelas marcas ao redor da pele nada mais são do que lesões provocadas pelo aumento de peso ou por um crescimento rápido.

Pode ficar tranquila que elas não indicam nenhum problema de saúde, nem mesmo devem ser motivo de preocupação. Mas as estrias provocam um desconforto estético e podem abalar a confiança.

Isso porque acaba gerando, uma certa insegurança na hora de usar um decote ou um biquíni. Muitas evitam tomar sol nos dias mais quentes para que as marquinhas não sejam vistas. Chato, né?

Por que as estrias aparecem?

A pele possui características elásticas, que permitem com que ela consiga esticar ao longo da vida. Essa propriedade é importante para acompanhar o crescimento do indivíduo.

No entanto, há um limite para essa flexibilidade. Quando o esticamento da pele acontece em ritmo mais acelerado, surgem as lesões.

Para ter uma ideia mais clara, pense em um tecido, que ao ser esticado, sofre alguns rompimentos e deixa as fibras à mostra. É mais ou menos isso que acontece com a pele do nosso corpo.

Entre os acontecimentos que mais provocam o aparecimento dessas cicatrizes, estão:

  • gravidez;
  • ganho rápido de peso;
  • ganho rápido de massa muscular;
  • estirão na fase da puberdade.

As estrias aparecem só em mulheres?

Embora as pessoas do sexo feminino relatem mais incômodos com as famigeradas marquinhas, os homens também sofrem com o problema. Afinal, eles também podem passar por ganho de peso ou aumento de massa muscular, o que obriga a pele a esticar e pode provocar o surgimento das cicatrizes.

Além disso, o problema costuma surgir principalmente durante a adolescência e tem fatores genéticos. Se as pessoas da sua família têm grande tendência em desenvolver estrias, há uma boa chance de que a sua pele também tenha essas marcas.

Indivíduos que sofrem da Síndrome de Cushing, uma condição rara que afeta quem possui altos níveis de cortisol, também podem ter muitas estrias no corpo.

Há diferentes tipos de estrias?

Na verdade, há diferentes estágios de estrias. Ela começa como uma inflamação, com riscos avermelhados ou arroxeados em torno da pele. Com o tempo, essas marcas começam a clarear, formando os riscos brancos.

Quando elas surgem na adolescência, há uma grande possibilidade de que elas melhorem com o passar do tempo, tornando-se quase imperceptíveis.

Como evitar o problema?

Não há um método 100% eficaz para evitar o aparecimento das indesejáveis cicatrizes, mas alguns cuidados podem melhorar muito o aspecto da pele e mantê-la sem as marcas por mais tempo.

Hidratação

A hidratação é um ponto chave para isso. Quanto mais hidratada for a sua pele, maior a elasticidade e menor o risco de que os rompimentos aconteçam. E essa hidratação deve vir tanto de dentro, quanto de fora.

Então, beba muita água! Consumir pelo menos 2 litros do líquido por dia ajuda a manter a saúde e a boa aparência da sua pele.

Além disso, use bons cremes hidratantes, principalmente nas regiões críticas em que as marcas aparecem com mais frequência.

Mulheres grávidas podem usar e abusar de cremes que promovam uma maior absorção de água na região, e até aplicar óleos vegetais, como os de amêndoas e de semente de uva.

Cremes e pomadas de tratamento

Também é possível aplicar cremes e pomadas específicos para estrias nos estágios iniciais, que ainda estão com coloração avermelhada ou arroxeada. Isso pode reverter o problema e evitar a evolução das cicatrizes.

Vale a pena investir em produtos que tenham capacidade de firmar e regenerar a pele, para conseguir melhores resultados.

Cuide bem da alimentação

A ingestão de alimentos com vitamina C evitam o aparecimento das estrias e mantêm a sua pele bonita por mais tempo.

Vale citar que bons hábitos alimentares evitam o ganho de peso, mantendo a integridade da pele.

Pratique exercícios físicos

A prática de exercícios contribui não só com a sua saúde, como também é uma aliada contra o aumento de peso e, consequentemente, o aparecimento de estrias.

Mas aqui, vale um alerta! Cuidado se você faz musculação ou qualquer outra atividade que promova o aumento de massa muscular. Afinal, isso também faz com que a pele estique e surjam as marquinhas.

Como tratar as estrias?

Se elas já fazem parte do seu corpo, é preciso investir em métodos eficientes para resolver o problema.

O tratamento a laser é extremamente indicado. Ele provoca pequenas lesões, para que as fibras se recomponham de maneira mais organizada, melhorando muito o aspecto da pele.

Fique tranquila que o método não dói e é extremamente seguro! Funciona para todos os tipos e colorações de pele.

As estrias no seu corpo estão incomodando? Não perca mais um verão por conta disso! Aproveite para conhecer a Evolaser e o nosso tratamento! Com 4 sessões, já é possível ter um resultado bem satisfatório e uma ótima melhora na aparência da pele.

Curtiu o post? Compartilhe: